Só deve considerar transferir o crédito habitação para outro banco se conseguir melhorar as condições globais do seu crédito.

E na verdade é que mesmo considerando a hipótese de negociar as condições que tem no seu banco actual, por norma é mais fácil procurar melhores condições noutro banco, por que a verdade é que os bancos sabem que nós Portugueses somos muito comodista e que na maior parte das vezes não agimos na direcção da transferência porque achamos uma chatice estar a fazer outra escritura.

Pois é! A realidade é essa, e também porque não fazemos bem as contas nem conhecemos a lei que nos defende, porque numa transferência de crédito habitação os impostos que pagamos no momento da aquisição da habitação, estão agora isentos e mesmo que o banco para onde vamos transferir o crédito debite os habituais custos de contratação, pode compensar pagar!

Esta isenção tem como objectivo exactamente permitir que possamos procurar as melhores condições para o nosso crédito habitação em qualquer momento sem duplicar impostos!

Transferir o crédito habitação para outro banco é muito fácil e pode representar uma poupança de muitos milhares de euros durante a vida do empréstimo.

Por exemplo num financiamento de 120.000€ a 33 anos, uma redução de 0,50% no spread, significa cerca de 30€ por mês, 360€ por ano e mais de 11.000€ nos 33 anos de contrato.

Bom, mas o spread não é tudo e é preciso ter em consideração os custos dos produtos associados que os bancos oferecem para bonificação do spread.

Por norma os bancos querem que os clientes estejam fidelizados com contas ordenado, débitos directos de fornecimentos da casa, como água ou luz, cartão de crédito, contas poupança, seguros, etc..

E são estes produtos e serviços que muitas vezes nos levam à questão: “Porquê transferir o crédito habitação para outro banco?”.

Se a conta ordenado, débitos directos, contas poupança não têm custos directos, a não ser eventualmente a conta ordenado, no que diz respeito ao cartão de crédito e seguros por exemplo, a coisa muda muito de figura e podemos estar a falar de valores muito significativos, nomeadamente no seguro de vida associado ao crédito habitação que por vezes é mais do dobro quando se contrata no banco, significando muito mais que a bonificação que o banco oferece por lá fazer esse seguro.

Resumindo o melhor banco nem sempre é o que apresenta o melhor spread, é sempre necessário somar todos os custos e levar em linha de conta os produtos que o banco quer que se contrate para oferecer determinado spread.

Em alguns casos justifica mudar de banco por causa da diferença de valores no seguro de vida versus bonificação no spread.

PREENCHA O FORMULÁRIO QUE NÓS PROCURAMOS A MELHOR SOLUÇÃO PARA O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO🏡:

O seu nome (campo necessário)

O seu email (campo necessário)

O seu contacto telefónico (campo necessário)

A sua data de nascimento (campo necessário)

A data de nascimento do outro interveniente no crédito (caso exista)

Valor do Crédito (campo necessário)

Observações

É GRÁTIS E SEM COMPROMISSOS

Simular seguro de vida

Deixe o seu comentário

Subscribe!