Familia Clara Bébé ao Colo 1200 628

Em Portugal é prática comum recorrer a crédito para adquirir casa para habitação permanente ou para investimento, que neste segundo caso pode ser para colocar no mercado de arrendamento ou voltar a vender por valor mais alto!

Alguns bancos podem diferenciar as condições, nomeadamente ao nível dos spreads e percentagem de capital financiado, em que atribuem o crédito habitação, quando é para habitação permanente as condições são melhores que quando é para investimento! Normalmente porque o risco do cliente deixar de pagar a habitação própria é menor, porque pode deixar de ter onde morar!

Mas se as condições melhoram quando o risco é menor, também existem outras garantias que o banco por norma exige e que não afectam o preço do dinheiro, como o caso dos seguros de vida e multirriscos!

No caso do seguro de vida o que o banco pretende garantir é que se acontecer alguma tragédia na vida do cliente ou dos clientes, que lhes cause a morte ou uma invalidez que os impeça de conseguir fazer face ás responsabilidades assumidas perante o banco de pagar pontualmente as prestações do crédito habitação, exista uma entidade, neste caso uma seguradora, que os substitua.

Mas não é menos verdade que existem benefícios muito grandes para os clientes por terem um seguro de vida que lhes garante o património, ou aos seus herdeiros, como por exemplo os filhos! Em caso de tragédia, a seguradora paga o total do valor em dívida ao banco, se sobrar algum valor do capital seguro, reverte para o titular do seguro ou para quem este tiver indicado no contrato de seguro, que permitirá ao próprio em caso de invalidez, manter a casa e paga, sem ter de continuar a pagar ao banco, ou em caso de morte que os herdeiros fiquem com a casa, também sem ter de continuar a pagar ao banco!

Baner Laranja Simular SVCH

Deixe o seu comentário

Subscribe!