Como funciona o seguro de vida do crédito habitação

Ao contrário do que possa parecer o seguro de vida do crédito habitação, e o multirriscos, não servem só para salvaguardar os interesses do banco!

Muito pelo contrário, diríamos mesmo que servem muito mais os interesses dos clientes que os do banco, porque será muito mais penalizador para o cidadão comum perder a sua casa, na maior parte das vezes o seu lar e o da sua família, que para o banco perder uma casa.

Muita gente desconhece o principal fundamento dos seguros e porque é que à muitos anos alguém se lembrou de os criar, mas o principal motivo dos seguros é o equilíbrio da economia e por consequente o equilíbrio social, facilitar e criar condições para que perdas inesperadas possam ser compensadas e assim dar mais confiança à sociedade, nomeadamente na hora de investir ou arriscar.

Pensemos assim:

  • Tenho algum dinheiro disponível, e a pessoa que mais amo e em quem confio plenamente precisa que lhe empreste algum;
  • Como tenho muita confiança nessa pessoa e tenho a certeza que me vai querer devolver o que lhe emprestar;
  • E se houver uma fatalidade e essa pessoa falecer? Não vou receber esse dinheiro!
  • E se tiver combinado com ela que, ela, fazia um seguro de vida em que o beneficiário sou eu que emprestei o dinheiro, para a eventualidade de haver uma fatalidade inesperada? Aí já vou receber o meu dinheiro!
  • Mais, se o sentimento for reciproco, também ela vai ficar muito mais descansada.

O seguro de vida associado ao crédito habitação funciona da mesma forma, nós pedimos dinheiro emprestado ao banco, fazemos o seguro e se houver algum acidente ou doença, que me impossibilite de pagar o que devo ao banco a companhia de seguros assegura esse pagamento!

Neste caso com a enorme vantagem de que asseguro o património que construi e como referido acima, muitas vezes posso ficar descansado que a minha casa de família está salvaguardada.

Quando falamos em seguro de vida, pensamos muito na morte, ou seja que mesmo só serve em caso de morte! Mas não é assim, um seguro de vida também serve em caso de vida, aqui estamos a falar em caso de invalidez, por que estamos a falar de risco, embora também existam seguros de vida com o objetivo de poupança, como por exemplo os PPRs.

Mas para saber mais sobre as coberturas de invalidez num seguro de vida risco como por exemplo o associado ao crédito habitação, pode consultar o nosso artigo “Os tipos de invalidez no seguro de vida”

Assim como forma de resumir como funciona o seguro de vida do crédito habitação, o mesmo é feito no momento em que se contrata um crédito habitação, em que nós somos os segurados e o banco é o beneficiário, e em caso de sinistro coberto pela apólice, a companhia de seguros paga ao banco o que ainda devemos do empréstimo que fizemos, o banco não fica com o prejuízo e nós garantimos o nosso património.

    SIMULE AQUI O SEU SEGURO DE VIDA DO CRÉDITO HABITAÇÃO:

    Fácil, grátis, sem compromissos e personalizado com as melhores condições

    Deixe o seu comentário

    Subscribe!