Categoria

Seguro Vida Crédito

Categoria

Agora que a lei foi alterada e protege mais os clientes bancários, especialmente quem tem créditos, já é possível contratar um crédito habitação sem que seja obrigatório fazer o seguro de vida no banco! Mesmo as escrituras mais antigas onde o banco obrigava os clientes a contratar os seguros e outros produtos no banco para manterem o crédito, deixaram de ter efeito desde que a lei foi alterada em 2008 e reforçada em 2009 com…

Desde 2008 que o banco de portugal veio legislar no sentido de dar liberdade aos clientes bancários com crédito habitação de escolherem as seguradoras que entenderem para subscrever o seguro de vida exigido pelo banco! Desde há muito que existem companhias como a MetLife, April, Real Vida Seguros, por exemplo têm taxas de seguro de vida associado ao crédito habitação muito inferiores às companhias dos bancos. Em alguns casos mais de 60%! Ultimamente outras companhias têm…

Hoje em dia existem dois tipos de companhias de seguros, as ditas directas e as tradicionais, sendo que as directas estão mais afastadas do contacto pessoal e as tradicionais privilegiam esse contacto via mediadores de seguros a quem muitos chamam de consultores, porque para além de mediar, também consultam os interesses, preocupações e necessidades do cliente com o objectivo de lhe oferecer um seguro à medida pelo melhor preço. As directas comunicam directamente com os…

Sim, se o banco autorizar e ficar contratualizado quando é efectuada a escritura de hipoteca do imóvel, pode ficar só 50% do capital financiado protegido pelo seguro de vida! Embora seja raro acontecer, e na maior parte das vezes acontece por iniciativa do banco com o objectivo de tornar a sua proposta mais competitiva, não levando em linha de conta os interesses de todos os intervenientes. Os seguros em geral, servem para proteger os segurados…

Muitas pessoas que têm crédito habitação e que são obrigadas pelo banco a ter seguro de vida, procuram alternativas mais económicas no que ao seguro de vida diz respeito! O que se passa é que existe uma grande diferença de preços entre as várias companhias do mercado em que a poupança muitas vezes é superior a 50%! A titulo de exemplo, na agência da Decisões e Soluções Odivelas, a maior poupança alcançada por um cliente…

Com a idade a aumentar o prémio do seguro de vida do crédito habitação também aumenta, porque o risco de morte ou invalidez é maior para pessoas de idade superior. Também é susceptível de existirem doenças o que pode agravar o preço ou levar a que a companhia de seguros recuse fazer o seguro. Por isso quanto mais depressa tivermos o seguro feito na companhia que oferecer as melhores condições, menor é o risco de…

A definição de ITP é Invalidez Total e Permanente, que significa sinteticamente em linguagem seguradora que as apólices de seguros de vida que tenham esta cobertura, são accionadas quando a pessoa segura tem uma invalidez superior a 60% ou 66%, normalmente, que a impeça de exercer uma actividade remunerada, logo se está reformado(a) não pode ter esta cobertura! O que acontece muitas vezes é que os detentores deste tipo de seguro de vida e normalmente…

Muitas pessoas quando procuram um crédito habitação só se preocupam com a aprovação e pelo menor valor de prestação possível, focando-se essencialmente no spread! Aparentemente, está tudo bem, desde que todos os pormenores sejam levados em linha de conta, logo por perceber qual a oferta de cada banco e as exigências que cada um impõe! Há uma celebre citação de um conceituado economista da nossa praça que diz “Não há Almoços Grátis”, que se aplica em…

A resposta é não! Porque a cobertura de ITP, (Invalidez Total e Permanente) tem como definição de activação, normalmente que a pessoa segura tenha uma incapacidade superior a 60, 65 ou 66% e que a impeça de exercer uma actividade remunerada. Na maioria das companhias a Invalidez Total e Permanente termina aos 65 anos, também por este motivo, não adianta o cliente estar a pagar uma garantia que depois não pode utilizar em caso de…

Em Portugal é prática comum recorrer a crédito para adquirir casa para habitação permanente ou para investimento, que neste segundo caso pode ser para colocar no mercado de arrendamento ou voltar a vender por valor mais alto! Alguns bancos podem diferenciar as condições, nomeadamente ao nível dos spreads e percentagem de capital financiado, em que atribuem o crédito habitação, quando é para habitação permanente as condições são melhores que quando é para investimento! Normalmente porque…