O que é e como se calcula a taxa de esforço no crédito habitação?

A taxa de esforço representa em termos percentuais o valor da prestação com créditos face aos rendimentos auferidos pelos titulares de um crédito.
Por exemplo se vai comprar uma casa e recorre a financiamento bancário, o banco vai pedir-lhe várias informações sobre os seus rendimentos, nomeadamente cópias:
  • Do últimos IRS entregue e respetiva nota de liquidação
  • E os últimos 3 recibos de vencimento no caso de trabalhar por conta de outrem, ou os últimos 6 se trabalhar de forma independente
  • E os extratos bancários referentes aos meses dos recibos solicitados

Com esta informação o banco fica a saber quais são os rendimentos que uma pessoa ou casal aufere, e a estabilidade dos mesmos.

Há ainda um ponto importante na taxa de esforço, que é o rendimento líquido disponível, que representa o valor que sobra depois de pagar os encargos financeiros.

Para calculo da taxa de esforço são considerados todos os encargos com financiamentos, não só o que vai contrair, mas também outros que tenha em curso, como por exemplo:
  • Prestação do carro

  • Créditos pessoais

  • Leasings

  • ou outros créditos habitação
simular seguro de vida

Para este cálculo não entram outros encargos não financeiros, como por exemplo:

  • Água

  • Eletricidade

  • Comunicações

  • Infantário dos miúdos

  • Despesas com educação

  • Etc

Ou seja, assim de uma forma simples, a soma de todos os encargos financeiros que tenha, mais o que vai contrair, não pode exceder os 30% dos rendimentos, ou os 50%, acrescentando 3 pontos percentuais à taxa de juro anual nominal (TAN) do crédito que vai contratar.

Um exemplo prático:

  • O José e a Maria, têm um rendimento líquido de 1.300€
  • Pretendem comprar uma casa de 150.000€, e financiar 135.000€ por 40 anos
  • Foi-lhes atribuído um spread de 1,1%, com uma Euribor a 12 meses de -0,484%
  • O que dá uma taxa anual nominal de 0,616% e uma prestação de 317,39€
  • Como não têm mais encargos financeiros, a taxa de esforço fica em 24% e a taxa de esforço em stress, com mais 3% em cima dos 0,616%, fica nos 41% de taxa de esforço
  • Resumindo ficam com a situação em termos de taxa de esforço enquadrada com a recomendação do Banco de Portugal.

E o rendimento líquido disponível fica enquadrado? Sim, ficam com perto de 1.000€ para fazer face às outras despesas normais do dia a dia.

PREENCHA O FORMULÁRIO QUE NÓS PROCURAMOS A MELHOR SOLUÇÃO PARA O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO:

    Nome*
    E-mail*
    Telefone*
    Valor do Crédito
    Data de Nascimento
    Tipo do Crédito
    * Preenchimento necessário

    Leave a Comment

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *