Posso transferir um Crédito Habitação com menos de 2 anos?

A maior parte das casas que são compradas em Portugal, são-no com recurso a crédito habitação, em alguns casos por necessidade, mas também os há, em que as pessoas o fazem porque o dinheiro emprestado para um crédito habitação, é o mais barato que podemos ter.
Ainda há quem pense que os bancos são todos iguais e que as condições não diferem muito, até porque agora, por recomendação do banco de Portugal, os bancos não podem emprestar mais que 90% do valor da aquisição de habitação própria permanente, ou da avaliação se este for mais baixo.
Mas não é assim, a diferença entre bancos continua a ser muita, em alguns casos, e há cada vez mais pessoas que antes de contratarem um crédito habitação, consultam o seu banco e outros. Há ainda quem, ou por não conhecer o mercado, ou por falta de tempo ou ainda por não dominar a literacia financeira, recorre aos serviços de um intermediário de crédito, que faz o trabalho de procura e negociação das melhores condições, com os vários bancos que operam no nosso mercado.
Por exemplo, quem comprou casa com recurso ao crédito habitação durante a crise do subprime, nomeadamente entre meados de 2009 e 2017, provavelmente contratou spreads extremamente altos, embora os preços das casas fossem mais baixos. Uma coisa compensava a outra e hoje podem renegociar ou transferir esses créditos para condições muito mais interessantes.

Mas a questão que colocamos é: e com o crédito habitação feitos à menos de 2 anos, é possível transferir para outro banco?
Sim, é possível desde que não aumente o valor da hipoteca.
A este aumento do valor da hipoteca, normalmente os bancos chamam de crédito multiopções ou multifunções, esta denominação varia conforme o banco e trata-se de um crédito de longa duração com a garantia hipotecária e condições semelhantes às do crédito habitação.
Não podem ser constituídos, no momento da aquisição e consequente crédito habitação, nem nos 2 anos seguintes porque:
  • Se fosse no momento da aquisição, ia ser o mesmo que estar a enganar o banco e a contornar a recomendação do banco de Portugal, financiava os 90% em crédito habitação e fazia um paralelo para os restantes 10%;
  • O banco de Portugal e os próprios bancos, entendem que nos 2 anos posteriores à aquisição do imóvel também não o devem fazer, para evitar que o cliente contraia outro tipo de empréstimo de curto prazo, e depois de fazer a escritura reforce o valor de hipoteca para liquidar esses empréstimos.
Mas não deixe de procurar as melhores condições para o seu crédito habitação, porque o mercado tem mudado com melhoria significativa das condições e em alguns casos os bancos até suportam os custos de transferência.
Consulte o nosso artigo “Posso transferir o Crédito Habitação para outro banco?” onde deixamos algumas dicas importantes na hora de transferir e escolher o melhor e mais adequado a si.

PREENCHA O FORMULÁRIO QUE NÓS PROCURAMOS A MELHOR SOLUÇÃO PARA O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO:

    Nome*
    E-mail*
    Telefone*
    Valor do Crédito
    Data de Nascimento
    Tipo do Crédito
    * Preenchimento necessário

    Leave a Comment

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *