O seguro de Vida do Crédito Habitação segura Pandemias como o Coronavirus (Covid-19)?

2
No passado dia 13 de Março de 2020, a Associação Portuguesa de Seguradoras fez uma informação às empresas de seguros suas associadas, que está publicada no site desta associação, em que refere que, relativamente aos seguros de vida, a generalidade dos contratos não tem qualquer exclusão nas coberturas contratadas por efeito da declaração de epidemia/pandemia.
Como refere, na generalidade das apólices de seguros de vida contratados esta situação está assegurada, mas a generalidade pode não ser em todos os casos, pelo que, se tem seguro de vida associado ao crédito habitação ou não, e esta é uma preocupação, deve informa-se se a apólice que contratou não tem nenhuma exclusão relativamente a este estado declarado.
Pode consultar as condições gerais da sua apólice e se na alínea de exclusões não vier nada referido relativamente a este assunto é porque está coberto pela apólice.
Por exemplo, no caso das Companhias de Seguro Real Vida Seguros, April Portugal, Seguradoras Unidas (Tranquilidade), MetLife ou Asisa, o estado de Epidemia/Pandemia está coberto nas suas apólices de seguro de vida.
Este pode ser também o momento certo para realizar uma revisão do(s) seu(s) seguro(s) de vida, associado ao crédito habitação ou não, porque os preços também têm vindo a descer, mantendo ou melhorando as coberturas em algumas seguradoras.
simular seguro de vida

simular seguro de vida

As Companhias de Seguro continuam a funcionar, com algumas restrições, nomeadamente ao nível do espaço físico, mas continuam a funcionar normalmente no que diz respeito à emissão de apólices de seguro de vida, tudo pode ser tratado por via digital, ou não e continuam a aceitar o risco de emissão de seguros de vida com o estado de pandemia incluído.

PREENCHA O FORMULÁRIO QUE NÓS PROCURAMOS A MELHOR SOLUÇÃO PARA O SEU SEGURO VIDA CREDITO:

    Nome*
    E-mail*
    Telefone*
    Valor do Crédito
    Data de Nascimento
    Tipo do Crédito
    * Preenchimento necessário

    2 thoughts on “O seguro de Vida do Crédito Habitação segura Pandemias como o Coronavirus (Covid-19)?”

    1. tiago agueda
      Victor Manuel Martins

      Boa noite. Gostaria de confirmar o tempo que se tem que dar à seguradora para anular uma apólice de seguro de vida no Crédito Habitação.
      Esse tempo altera devido à situação do COVID-19?
      Parabéns com o vosso Blog.

      Victor Martins

      1. tiago agueda
        Conselhos Seguros

        Boa tarde,

        Agradecemos o contacto e comentários, pedimos muita desculpa pela demora na resposta.

        Apesar do contrato de seguro ser feito por um ano e seguintes , o facto do pagamento ser fracionado , permite ao cliente que possa anular o seguro quando renova o pagamento, tendo em conta a data de início de cada recibo.

        A regra é comunicar sempre com pelo menos 30 dias de antecedência, quer à seguradora , quer a entidade bancaria.

        No caso da entidade bancaria, a mesma dará autorização quando apresenta em simultâneo com o pedido de anulação e a nova apólice de seguro de vida, cumprindo com os requisitos do banco ( coberturas e capitais seguros contratados) .

        No caso da seguradora, a mesma aceita o pedido de anulação com autorização da entidade bancaria, que é credora hipotecaria irrevogável do contrato de seguro.

        Dou um exemplo:

        Se o contrato se vence ao dia 15 de cada mês ( fracionamento mensal) , poderá mudar de seguro em qualquer mês.

        Como estamos a 18/12/2020 e se iniciasse o processo de transferência de seguro agora , o próximo recibo vencendo a 15/01/2021, de acordo com o exemplo, já não é possível transferir o seguro para 15/01/2021, pois já não temos 30 dias.
        Mas pode fazê-lo para dia 15/02/2021 e começar já a tratar do processo da nova apólice , que apesar de tratar já, a mesma só se inicia a 15/02/2021 .

        Assim que tenha a nova apólice emitida com antecedência, e de acordo com o exemplo , tem até dia 15/01/2021 para entregar o pedido de anulação a seguradora com efeitos a partir de 15/02/2021 e o pedido de substituição de seguro ao banco /autorização anulação da apólice atual, também com efeitos a partir de 15/02/2021.

        Caso o seguro ainda esteja no banco , e sendo o banco o mediador de seguros , entrega ambas as comunicações ao banco.

        Ao ter o acompanhamento de um mediador de seguros no processo de transferência do seu seguro , o mesmo dará todas as indicações em tempo útil, tornando o processo mais fácil para o cliente .

        Cumprimentos
        Telma Simões

    Leave a Comment

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *